O japa caiu no gosto dos brasileiros, mas tradicionalmente, a culinária japonesa nunca foi associada à harmonizações com vinhos. O saquê é sempre a bebida mais tradicional e pedida quando o assunto é acompanhar comida oriental, quando não apenas um suco ou água. Mas há sempre quem não abra mão de um vinhozinho, uma harmonização que, se conduzida com um pouquinho de imaginação, pode revelar muitas boas surpresas.

A primeira coisa que você vai ouvir sobre harmonização de vinho com a comida japonesa, é que existem vários ingredientes que dificultam muito essa combinação, como o shoyu, gengibre, wasabi (raiz forte) e o molho teriyaki. Esse ingredientes, se utilizados em excesso, podem arruinar a harmonização com vinhos. Portanto, é muito importante utilizar os molhos e as raízes com moderação.

O sushi e outros pratos da culinária japonesa são leves, sendo assim, vinhos igualmente leves e frescos serão a melhor combinação.

Sushis, Shashimis e Uramaki

Harmonização Sushi e Vinho

Os sushis e sashimis são os pratos mais tradicionais da culinária japonesa. Para combinar suas porções com os vinhos certos, opte por rótulos de espumantes jovens e delicados, vinhos brancos ou vinhos rosés. Assim eles não vão competir com o discreto sabor desses cortes de peixe.

É recomendado os espumantes brut, que são ácidos e com sabor delicado para acompanhar as receitas de sushis e uramakis, a leveza e a delicadeza limpam o paladar, uma harmonia de sucesso com pratos à base de peixe cru. Ou ainda, o vinho branco leve, frutado e de bom frescor.

Recomendações Empório Festval:

Espumante Faustino Cava Brut
Espumante Faustino Cava Brut
Vinho Dufouleur Chablis
Vinho Dufouleur Chablis
Vinho Verde Anjos de Portugal
Vinho Verde Anjos de Portugal Rose

Com peixes de carne mais escura, geralmente mais densas, é recomendado um vinho ou espumante rosé, por sua estrutura e frescor pode revelar-se surpreendente para acompanhar uma porção de sashimi.

Os vinhos verdes também podem ser uma ótima opção de harmonização para pratos à base de peixe cru.

Pratos Cremosos ou Peixes Gordurosos

Frutos do mar e vinho

Os pratos feitos com peixes mais gordurosos, ou até com receitas mais cremosas ou fritas, como os guiozas, os tempuras, rolinhos de primavera e outros pratos fritos, além dos frutos do mar como lula, lagosta ou camarão, pedem vinhos brancos ácidos. O Sauvignon Blanc é uma boa pedida, visto que dá equilíbrio para a gordura desses pratos.

Recomendações Empório Festval:

Santa Ema Gran Reserva Sauvignon Blanc
Santa Ema Gran Reserva Sauvignon Blanc
Balduzzi Sauvignon Blanc
Balduzzi Sauvignon Blanc

Yakisoba

Yakisoba e VInho

Até para os vinhos tintos existe um espaço na harmonização com a culinária japonesa. Vinhos tintos leves, como os elaborados com Pinot Noir, combinam muito bem com pratos quentes, como o Yakisoba, os ensopados e os peixes grelhados.

Recomendações Empório Festval:

Apaltagua Coleccion Pinot Noir
Apaltagua Coleccion Pinot Noir
Apaltagua Reserva Pinot Noir
Apaltagua Reserva Pinot Noir

Dica: se o prato for preparado ou servido à base de shoyo, que tem forte teor de sal, prefira vinhos com alto nível de acidez, para quebrar o salgado do molho. O wasabi eleva a sensação alcoólica do vinho, portanto equilibrar com um vinho com baixa graduação de álcool é uma boa dica. Nessa situação, escolha um vinho branco leve, adocicado e com baixo teor de álcool para acompanhar pratos com muito shoyo e o wasabi.

Verde Anjos de Portugal
Vinho Verde Anjos de Portugal Branco

O importante é não ter preconceito e se divertir experimentando novas combinações e descobrindo novos sabores. Conta pra gente qual seu rótulo preferido!