Para esse Valentine’s Day escolhemos receitas de jantares que irão dar Match com o seu par e com os vinhos escolhidos.

SALMÃO EM CROSTA DE CASTANHAS, SERVIDO COM RISOTO DE PARMESÃO  E FINALIZADOS COM MOLHO DE MARACUJÁ

SALMÃO EM CROSTA DE CASTANHAS, SERVIDO COM RISOTO DE PARMESÃO  E FINALIZADOS COM MOLHO DE MARACUJÁ

Ingredientes:

Para o salmão:

  1. 2 filés de salmão (250g aprox.)
  2. 80 g de castanha do pará
  3. 80 g de farinha panko
  4. Azeite de oliva
  5. Sal e pimenta
  6. Suco de limão

Para o risoto:

  1. 180 g de arroz arbóreo (1 xícara)
  2. ¾ de xícara de vinho branco
  3. 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  4. 1 cebola média picada bem pequena
  5. 1 l de caldo de legumes (já quente)
  6. 100 g de queijo parmesão ralado 
  7. 50 g de manteiga

Modo de Preparo:

Em um processador ou liquidificador adicione as castanhas, o sal e a pimenta. Triture até a castanha ficar com pequenos pedaços, então não bata de forma excessiva. Após esse processo acrescentar a farinha panko a mistura e mexer bem.

Tempere os filés de salmão com limão, sal, pimenta e um fio (generoso) de azeite. Cubra o salmão com a mistura de panko e castanhas e leve para assar em forno aquecido a 200°C, por 25 minutos.

Para o risoto, aqueça uma panela, coloque o azeite e a cebola e refogue até ficar transparente.

Adicione o arroz arbóreo, refogue, na sequência o vinho e mexa até evaporar. Na sequência acrescente o caldo (quente), uma ou duas conchas por vez, SEMPRE mexendo e adicionando uma nova concha quando estiver secando.

Repita esse processo até que o arroz esteja al dente.

Para finalizar, desligue o fogo, adicione a manteiga, o queijo e mexa até que tudo se incorpore. 

Se necessário, adicione mais meia concha do caldo para manter a cremosidade, experimente e ajuste o sal.

Pode ter certeza que fará sucesso no jantar de Valentine ‘s Day e com seu amor. Bom apetite!

Vinhos para harmonização: 

1 – VINHO DUFOULER CHABLIS 750ML – 1670115 – DE R$199,90 POR R$149,90 

2 – VINHO LES MAITRESGOURMANDAISE IGP MEDITERRANE 750ML – 1602349

– DE R$ 99,90 POR R$79,90 

3 – VINHO SANTA EMA GRAN RESERVA CHARDONNAY 750ML – 1642324 – DE R$89,90 POR. R$69,90

4 – VINHO DÃO ENCRUZADO TITULAR 750ML– 1650394 – DE R$199,90 POR R$149,90 

5 – VINHO DUFOULER CHARDONNAY VIN DE FRANCE 750ML –  1683969 –  DER$79,90 POR R$59,90 

6 – VINHO DAO TITULAR ROSE 750ML – 1767852 – DE R$79,90 POR R$59,90 

7 – VINHO CONDESA DE LEGANZASELECCIÒN DE FAMILIA 750ML – 1666460 – DE R$54,90 POR R$39,90

CARRÉ DE CORDEIRO AO PESTO DE HORTELÃ

Carré de cordeiro ao pesto de hortelã

Ingredientes:

  1. 8 unidades de carré de cordeiro
  2. Sal a gosto
  3. Pimenta-do-reino a gosto
  4. 100 g Hortelã 
  5. 1 maço de hortelã (só usar as folhas)
  6. 150 g de nozes (pode usar castanha de caju ou amêndoas)
  7. 70 g de parmesão ralado
  8. 1 pitada de sal
  9. 150 ml de azeite extravirgem

Modo de Preparo: 

Para o pesto, processe a hortelã com as nozes, em seguida adicione um pouco de azeite, sal e queijo. Processe mais um pouco. Retire do processador e adicione o restante do azeite e misture bem e está pronto.

Para o carré, aqueça bem uma frigideira de fundo grosso, pincele um fio de azeite, e coloque os carrés já temperados com sal e pimenta a gosto.

Deixe três minutos de um lado e vire, deixando mais três minutos do outro lado.

Finalize o carré, colocando o pesto sobre ele e voìla, seu prato está pronto.

Para os amantes de cordeiro de plantão, esse prato fica divino! Digno de um date de respeito e para melhorar a experiência,  nada mais justo que degustar o vinho AMPLUS CABERNET SAUVIGNON da adega Lovino, essa combinação com certeza deu Match.  Uma sugestão legal para acompanhamento seria arroz com amêndoas laminadas tostadas.

Vinhos para harmonização: 

1 – VINHO AMPLUS CABERNET SAUVIGNON 750ML – 1209345 – DE R$179,90 POR R$149,90 

2 – VINHO FAUSTINO I GRAN RESERVA RIOJA 750ML – 1611992 – DE R$299,90 POR R$249,90 

3 – VINHO R DE ROMANEIRA TINTO 750ML – 1624210 – DE R$119,90 POR R$89,90

4 – VINHO BALDUZZI GRAND RESERVE CABERNET SAUVIGNON 750ML – 1323458 – DE R$89,90 POR R$69,90 

5 – VINHO TOMMASI VALPOLICELLA RIPASSO 750ML – 1621238 – DE R$229,90 POR R$189,90 

6 – VINHO BALDUZZI GRAND RESERVE SYRAH 750ML – 1749870 – DE R$89,90 POR R$69,90

CAMARÃO NA MINI MORANGA 

Ingredientes: 

  1. 500 g de camarão médio
  2. 4 colheres (sopa) de azeite
  3. 2 dentes de alho picado
  4. 1 cebola picada
  5. 1 lata de tomates pelados
  6. sal e pimenta-do-reino a gosto
  7. 1 lata de creme de leite sem soro
  8. 300 g de requeijão cremoso
  9. 4 mini morangas
  10. cheiro-verde a gosto
  11. 3 colheres (sopa) de ketchup
  12. 100g mussarela 

Modo de preparo:

Retire a tampa e as sementes das mini morangas, envolva elas em papel filme e leve ao microondas por 10 minutos.

Aqueça uma panela, adicione o azeite, refogue o alho e a cebola até ficar transparente, junte o camarão em pequenas quantidades e vá reservando em um prato, a cada leva de camarão.

Na mesma panela, adicione a lata de tomates pelados, a pimenta, o sal e o ketchup. Desligue o fogo e acrescente o creme de leite, o camarão que foi reservado e o cheiro-verde e misture bem.

Descarte o papel filme das abóboras e a água e ficou dentro delas, coloque uma colher de requeijão no interior de cada mini abóbora e despeje o creme com camarão.

Finalize com o queijo mussarela e leve ao forno até dourar. 

Essa receita vai roubar o coração de qualquer mozão. Afinal, quem não gosta dessa combinação? Uma dica de ouro é degustar esse prato com esse maravilhoso vinho branco SANTA EMA GRAN RESERVA SAUVIGNON BLANC da adega Lovino. Não tem como não ter um HAPPY VALENTINE ‘S DAY com esse combo.

Vinhos para harmonização: 

1 – VINHO SANTA EMA GRAN RESERVA SAUVIGNON BLANC 750ML – 1480766 – DE R$90,90 POR R$69,90

2 – VINHO BALDUZZI CLASSIC SAUVIGNON BLANC 750ML – 1667181 – DE R$39,90 POR R$29,90

3 – VINHO GIMENEZ MENDEZ ALTA RESERVA SAUVIGNON BLANC 750ML – 1055518 – DE R$99,90 POR R$79,90

4 – VINHO FREESOUL RÓSE 750ML – 1805320 – DE R$89,90 POR R$59,90

5 – VINHO ASIO OTUS ROSE 750ML – 1777947 – DE R$69,90 POR R$54,90

FILÉ COM MOLHO ROTI E MINI BATATAS AO MURRO

Ingredientes:

  1. 1 cebola pequena
  2. 1 cenoura pequena
  3. 1 lata de tomate pelado
  4. 1 talo de salsão
  5. Aparas de carne
  6. 4 colheres de sopa de molho shoyo
  7. 1 colher de chá de açúcar
  8. 4 medalhões de filé mignon (150g cada)
  9. sal e pimenta à gosto
  10. 30 ml de azeite de oliva 
  11. 10 mini batatas
  12. Um ramo de alecrim 

Modo de Preparo:

Lave bem as batatas em água corrente e as coloque em uma panela, cubra com água e leve ao fogo alto. Cozinhe por cerca de 20 minutos (verifique o ponto espetando com um garfo, elas devem estar cozidas, mas ainda firmes). 

Preaqueça o forno a 200 ºC. Retire as batatas cozidas da água e amasse uma a uma com a parte traseira de uma colher (cuidado para não colocar muita força e destruir a batata). Leva-as para uma assadeira, coloque um fio de azeite, salpique o alecrim, sal e pimenta. Asse até dourar, por volta de 20 minutos.

Enquanto as batatas assam, aqueça uma panela com um fio de azeite e toste as aparas de carne e os legumes, acrescente os tomates pelados e o molho shoyo. Mexa bem e deixe o molho apurar. O molho rôti estará pronto quando a cenoura estiver totalmente cozida, coe o molho para retirar todos os pedaços de aparas e legumes e sirva quente sobre a carne.

Tempere o mignon com sal e pimenta. Aqueça uma frigideira, coloque o azeite e disponha as fatias. Deixe dourar dos dois lados e reserve. 

Para empratar assente as batatas que foram assadas, o mignon e sobre ele o molho rôti.

Esse molho tem um sabor inigualável, que deixa com gostinho de quero mais, ideal combiná-lo com o vinho AMPLUS MERLOT e com seu amor, nesse dia tão especial, para sempre ser lembrado como um dia especial digno de TBT.

Vinhos para harmonização:

1 – VINHO AMPLUS MERLOT 750ML – 1676326 – DE R$189,90 POR R$129,90

2 – VINHO FAUSTINO RIOJA CRIANZA 750ML – 1612018 – DE R$109,90 POR R$79,90

3 – VINHO FAUSTINO ICON EDITION 750ML – 1702394 – DE R$449,90 POR R$329,90

4 – VINHO MARUQUÉS DE VITORIA RESERVA RIOJA 750ML – 1702459 – DE R$179,90 POR R$149,90

5 – VINHO APALTAGUA MALBEC RESERVA 750ML – 1514814 – DE R$59,90 POR R$42,90

6 – VINHO VERBO ANGLIANICO DEL VENTURE 750ML – 1645790 – DE R$99,90 POR R$79,90

BOUEUF WELLINGTON 

BOUEUF WELLINGTON 

Ingredientes:

  1. 400g de filé mignon limpo
  2. 400g de cogumelos frescos variados
  3. 1 maço de tomilho 
  4. 30g de mostarda amarela
  5. 100 g de presunto cru 
  6. 30 ml de azeite
  7. 30 g de manteiga
  8. Sal a gosto 
  9. Pimenta-do-reino a gosto
  10. 1 gema
  11. 1 rolo de massa folhada grande

Modo de Preparo:

No processador processe os cogumelos ou os pique muito bem. Em uma frigideira bem quente, adicione um fio de azeite e a manteiga, junte os cogumelos, sal e pimenta. Refogue até secar toda a água dos cogumelos, deve ficar bem seco. Transfira para uma vasilha e reserve na geladeira.

Com a carne em temperatura ambiente, tempere com sal, pimenta-do-reino moída na hora e um fio de azeite. Em uma frigideira BEM quente, acrescente um fio de óleo, coloque a carne e doure muito bem todos os lados do filé, incluindo as laterais. Retire do fogo, passe para um recipiente e pincele a mostarda por todos os lados. Reserve.

Pegue um papel filme maior que sua carne, disponha as fatias de presunto cru sobre ele, lado a lado, sobre ele passe a pasta de cogumelos delicadamente, uniformemente.  Coloque a carne no centro e enrole, envolvendo toda a carne a pasta e presunto (o papel filme vai ser muito útil nessa hora), formando um pacote em formato de bala, para que assim o recheio fique bem firme.Deixe descansar na geladeira por, no mínimo, 40 minutos ou até o dia seguinte. Na sequência, abra a massa folhada sobre um papel filme, ajuste o tamanho da massa em relação ao tamanho da carne, deixando sobrar um pouco nas laterais.

Retire a carne do filme plástico, coloque sobre a massa e enrole, formando uma “pacotinho”, entre a carne e a massa, pressionando para que fique bem firme. Feche todas as laterais e corte os excessos. Volte para a geladeira por 1 hora. Enquanto isso preaqueça o forno a 200°C.

Após uma hora de geladeira, sobreponha o rolinho em uma assadeira untada, com a emenda  para baixo. Pincele com a gema batida sobre a superfície da massa, leve para assar por aproximadamente 30 minutos até a massa dourar.  Retire do forno, espere cerca de 10 minutos para que a carne descanse, antes de ser cortada. Após esse período corte e sirva com algum purê, seja de abóbora ou batata.

Esse prato é para os amantes dos detalhes, um prato mais complexo, mas que com toda a certeza vai tirar o fôlego do seu amor nesse dia tão especial. Tão saboroso, vale cada minuto do tempo investido em seu preparo. E que tal combiná-lo com um vinho maravilhoso, a altura desse prato?! Nossa dica é o vinho BOURGOGNE HAUTES-CÔTES DE NUITS.

Essa união vai ser de arrancar suspiros.

Vinhos para harmonização:

1 – VINHO BOURGOGNE HAUTES-CÔTES DE NUITS 750ML – 1670158 – DE R$199,90 POR R$149,90

2 – VINHO CHATEU CLARE GRAVES 750ML – 1666800 – DE R$149,90 POR R$109,90

3 – VINHO CHATEAU COTES DU GROS CALLION SAINT EMILION 750ML – 1666770 – DE R$244,90 POR R$ 199,90

4 – VINHO BAROLO DOCG DELLA TRADIZIONE 750ML – 1784420 – DE R$599,90 POR R$499,90

5 – VINHO SANTA EMA CATALINA 750ML – 1117386 – DE R$349,90 POR R$289,90

Chocolate e vinho: será que rola mesmo uma harmonização? Claro que sim! Com apenas alguns segredinhos você desfruta dessas delícias sem muito trabalho, sabia? Veja só!

Uma excelente harmonização de chocolate com vinho dependerá do tipo de chocolate – assim como do tipo de vinho. O teor do cacau e outros ingredientes como açúcares e gorduras influenciam também na combinação com a bebida.

A dica geral, no entanto, é bem simples: o vinho deve ser tão doce – ou mais doce! – do que o chocolate. É importante lembrar que o contrário não vale, viu? Sendo assim, evite vinhos ácidos porque o chocolate pode aumentar a acidez do vinho.

Mas é melhor irmos aos tipos específicos, certo? Anote aí as melhores combinações:

Chocolate branco

Chocolate e vinho

A baunilha contida na receita ajuda na harmonia com o vinho, principalmente o vinho branco e os vinhos mais doces. Entre as opções de rótulos: Moscato, o licoroso Pedro Ximenez e o espumante Chardonnay demi-sec. Prefira sempre os vinhos de fermentação malolática. Temos duas alternativas para você: o espumante Millesimato e os Alísios Brut.

Chocolate ao leite

Como é mais cremoso e menos doce, o chocolate ao leite harmoniza melhor com vinhos tintos, como Pinot Noir, Merlot, Tawny ou Carmenère. Um delicioso vinho do porto também é uma alternativa maravilhosa.

Caso deseje incrementar a sobremesa, por exemplo, fazendo uma porção de morangos com calda de chocolate ao leite, o vinho perfeito para essa harmonização é um Cockburn’s Fine Ruby, por exemplo. Prefere um espumante? O rosé Ice Cattin fará dessa última parte da refeição algo inesquecível.

Chocolate meio amargo

Chocolate e Vinho

Eesse tipo de chocolate vai bem com vinhos mais encorpados, como Cabernet Sauvignon, Malbec e Zinfandel. Chocolates até 60% de cacau combinam também com vinhos Pinot Noir e Merlot. O tipo meio amargo é o ideal para começar na arte da harmonizar vinho com chocolate, porque tem menos açúcar e gordura envolvidos. Chocolates a partir de 75% ficam excelentes com vinhos tintos secos.

Para quem prefere sabores mais intensos, aposte em vinhos com notas de nozes, noz moscada, chocolate e textura caramelizada. Por exemplo, o Cockburn’s Fine Tawny Port. Já para um sabor mais equilibrado, vinhos com notas de uva passa são ideais, como os da linha Biscardo.

Se você é desses que adora experimentar sem limites, fique totalmente à vontade. Porque na arte de harmonizar vinho e chocolate o que deve prevalecer é o seu gosto. Encontrou um sabor agradável que foge à regra? O mais importante de tudo é você adorar a experiência.

Vinho e peixe, uma maravilhosa combinação que possibilita pratos deliciosos e se combinado da maneira correta fica melhor ainda!

Peixe oferece inúmeros benefícios para a saúde e ainda agrada bastante o paladar. Seja peixe de carne branca ou escura, a harmonização com vinhos é sempre bem-vinda. Para entradas ou pratos principais, as opções são inúmeras e valorizam ambos.

O consumo de peixes é essencial na alimentação do brasileiro, por isso é ingrediente desde em receitas simples e clássicas até nas mais modernas e requintadas. Contudo, na hora de harmonizar peixe com vinho é preciso levar em consideração não apenas o tipo de peixe, como os temperos da receita, se haverá molhos e caldos, além de toda a forma de preparo. Esses diferentes detalhes influenciam bastante na hora da escolha do vinho. A seguir, um panorama geral e algumas dicas e sugestões.

Vinho e Peixe

Vinho e peixe

Como é muito falado, peixes combinam mais com vinhos brancos e rosés. Entretanto, para os fãs assíduos, que não conseguem abrir mão do clássico vinho tinto, há algumas exceções. O que costuma ser um problema é a união dos taninos presentes no vinho tinto e o iodo presente no peixe, o que deixa um gosto metálico desagradável na boca.

Nesse caso, escolha um vinho com menos taninos, de corpo leve e acidez marcada. Uma uva que proporciona um vinho assim é a Pinot Noir, que pode acompanhar uma refeição com salmão ou bacalhau, por exemplo. O bacalhau também harmoniza bem com Vinho Verde (um clássico português, que não leva esse nome por conta da cor, e pode ser tinto).

Passando para o vinho rosé, um pouco mais estruturado que o vinho branco, uma série de combinações também é possível. Peixes grelhados, assados ou cozidos, como o salmão e o atum, vão bem com o rosé. A presença de legumes e tomates cai bem.

Já quando a preparação envolve molhos, o branco é preferência. O clássico Chardonnay acompanha bem pratos mais pesados, devido a sua acidez e untuosidade. Peixes mais gordurosos também. Os ingredientes intensos são bem enfrentados e ao mesmo tempo valorizados pelo vinho branco seco. Caso opte por grelhar um peixe pintado, o vinho mais apropriado é o Sauvignon Blanc.

Ainda tem os vinhos espumantes. Uma combinação em alta é a com os sushis e sashimis, populares devido aos restaurantes de comida japonesa. Um espumante Brut harmoniza com salmão cru, por exemplo. A acidez dos espumantes pode estar a favor também de peixes de sabor mais intenso, preparados com temperos mais expressivos.

Como pode ver, o universo de combinações é imenso. Optar por uma receita específica ajuda a encontrar o melhor vinho – e é a melhor saída. Como dicas gerais, lembre-se de levar em consideração a acidez do vinho, extremamente importante para a harmonização, além de evitar as opções demasiadamente adocicadas.

Estamos passando pela primavera, mas com temperaturas dignas de um bom verão. Em tempos assim, os amantes de vinhos podem pensar que acabou o tempo de curtir, afinal, a bebida está muito associada ao inverno.

Pois hoje nós vamos provar que existem muitos vinhos para o verão. Tem mais, há opções para todos os paladares, desde rótulos mais simples e diretos, até sabores complexos e rebuscados.

Muito bem, então, fique confortável e aproveite essa seleção de 8 vinhos perfeitos para dias quentes. 

Escolha um Cabernet Sauvignon Rosé

Este é o primeiro vinho que você deveria procurar quando pensa em um tipo específico para o verão. Neste primeiro tópico não vamos indicar apenas o rótulo, pois há vários neste sentido, mas queremos destacar também algumas características deste tipo de vinho.

A mistura de Cabernet Sauvignon e Tempranillo faz bebidas bem palatáveis, o que é excelente para os dias mais quentes.

Dica: muito cuidado com os Rosés extremamente doces, com aquele sabor que chega ser comparável a um xarope. Busque sabores menos aveludados, mais leves. 

Rótulo indicado: Vinho Balduzzi Cabernet Sauvignon Rosé

Vinho Santa Ema Select Terroir Rosé

O Santa Ema Select Terroir Rosé está entre as melhores pedidas para quem deseja degustar uma bebida requintada, sem perder as características de um vinho do verão. 

Este Rosé é inspirador, sua cor vermelha framboesa transparente e brilhante aguça o paladar. Com aromas perfumados de frutas vermelhas e pétalas de violeta, é uma excelente opção. 

Rótulo indicado: Vinho Santa Ema Select Terroir Rosé

Vinho Condesa de Leganza Rosado Selección de Familia

A verdade é que este vinho é uma verdadeira obra de arte. As uvas Tempranillo utilizadas neste rosé Selección são cultivadas em Castilla de La Mancha, terra da maravilhosa obra prima Dom Quixote. 

Delicado, suave, capaz de fazer sussurrar sabores surpreendentes, mesmo para os paladares menos experientes. 

È um vinho frutado e floral, com lilases e violetas, tudo isso sem perder o frescor e a leveza. Tanino equilibrado, muito agradável.

Rótulo indicado: Vinho Condesa de Leganza Rosado Selección de Familia

Vinho Anaïs Côtes de Provence

É impossível fazer uma lista de vinhos sem indicar um francês. Trazemos aqui a indicação deste rosé leve e fresco. 

Produzido nos vinhedos do Sul da França, local conhecido como triângulo dourado – Cuer, Vila de Puget e Pierrefeu. Esse vinho Anais Cotes de Provence certamente vai trazer muito mais qualidade para o evento. 

Sublime, ideal para os dias mais quentes do verão, ótimo para ser apreciado com leveza. Celebrando flores com notas frescas de toranja, frutos silvestres e morangos, muito bom para todos os paladares.

Rótulo indicado: Vinho Anaïs Côtes de Provence

Vinho Badissa Pinot Grigio Rose

Este é um Italiano, meio seco, de aromas deliciosos e marcantes. Tem no melão seu sabor mais característico, com toques de mel e leve floral. 

Por ser seco, com acidez média para alta e álcool acentuado, seu proveito é indicado para paladares experimentados, ou mais exigentes.

De todo modo, é um ótimo rótulo para quem deseja desenvolver o gosto por vinhos de boca seca. Safra de 2019, 12% no teor alcóolico, uma escolha para quem sabe do que gosta. 

Rótulo indicado: Vinho Badissa Pinot Grigio Rose

Vinho Verde Anjos de Portugal Rosé

Por fim, indicamos este rótulo que vem do noroeste de Portugal, uma das maiores e mais antigas regiões vitivinícolas do mundo.

Lá, encontramos na cidade da Lixa, este vinho Verde Rosé Anjos. Elaborado pela vinícola Quinta da Lixa com uvas Touriga Nacional e Espadeiro. Um vinho jovem e delicado, que se revela uma agradável surpresa.

Os aromas de morango e groselha bem vivos, complementados com notas florais, trazem exuberância característica dos bons Rosés. 

Apresenta um belo equilíbrio, com boa acidez e muitas frutas frescas. É um semi-seco de ótimo custo. Trata-se, portanto, de um achado das terras portuguesas. 

Delicado, deve ser servido gelado, como coquetel ou drink de beira de piscina. Também pode acompanhar aperitivos leves, como bruschettas. Anjos é um vinho levemente gaseificado, fácil de beber e com pouco teor alcoólico.

Rótulo indicado: Vinho Verde Anjos de Portugal Rosé

Por qual motivo todos são Rosés, e quanto aos outros tipos?

Para finalizar, queremos conversar brevemente sobre essa escolha de Rosés e por qual razão estes são os vinhos ideais para o verão. 

A bem da verdade, o vinho Rosé ganhou a fama de “Vinho para dias quentes” pela sua leveza e fácil apreciação. Contudo, a estação também pode ser apreciada com diversos outros tipos.

Vinhos Verdes, por exemplo, são escolhas excelentes. Tintos leves como o Cabernet também podem ser apreciados. 

Nossa lista se pautou inteiramente nos Rosés pela facilidade com que se adquire o gosto pela bebida. Ou seja, se você quer um vinho coringa, que possa ser combinado com diversos alimentos de verão, o Rosé será, sem dúvida, a melhor escolha.

Gostou do nosso conteúdo? Então indique o blog para os seus amigos.

Ficou com dúvidas ou gostaria de obter mais informações sobre os rótulos? Acesse agora mesmo a nossa loja virtual. Lá você terá todos os dados sobre cada um dos rótulos, até mesmo dicas de ótimas combinações.

Agradecemos a leitura e até a próxima!

A gente gosta de uma comidinha prática e saborosa, não é?! Para receber os amigos em casa e não ficar só na cozinha, separamos algumas dicas de petiscos que combinam com vinhos e espumantes.

Bruschetta de Tomate com Manjericão

Bruschetta e Vinho

Sabe aquela bruschetta fresquinha que todo mundo gosta?! Acompanhada de uma taça de vinho bem leve então… seus visitantes irão adorar! As bruschettas podem ser elaboradas com mussarela de búfala, tomates em cubos, azeite de oliva, manjericão, e uma pitada de alho ou orégano, como preferir. Esse petisco vai muito bem com um vinho verde Anjos branco.

Canapés

Canapé

Práticos e deliciosos, podendo variar o recheio. Os pequenos pãezinhos com iguarias variadas fazem sucesso em festas e reuniões de amigos. Para acompanhar essa iguaria: o vinho branco Santa Ema Sauvignon Blanc.

Polentinha Frita

Polenta Frita

Hummm, polenta quentinha combina com vinho? Claro! O ideal é acompanhar um vinho terroir, Santa Ema Cabernet Sauvignon Select Terroir é uma combinação perfeita!

Tábua de Frios

Tábua de embutidos

A tábua de embutidos não tem segredo! Reúna presunto parma, salame, presunto cozido, lombinho defumado e queijos. Ingredientes de sabor forte e marcante, como os embutidos, exigem vinhos não muito encorpados nem complexos. Sendo assim, prefira um vinho branco fresco, suave e ácido, Asio Otus branco é a companhia perfeita!

Pizza de Frigideira

Pizza de Frigideira

A pizza de frigideira é muito fácil e rápida de se preparar. Nossa dica hoje, é a pizza portuguesa. Com a massa pronta, é necessário adicionar apenas molho de tomate, azeite de oliva, queijo, ovos, presunto, tomates, cebolas e azeitonas. Para combinar, o ideal é servir com um vinho malbec ou chianti, duas combinações ótimas: Chianti Classico Malaspina e Santa Ema Gran Reserva Malbec.

Esperamos que tenham gostado das dicas!

Férias, praia, piscina, no almoço, no jantar, no aperitivo… Receitas com camarão são perfeitas para a estação mais quente do ano.

Tem prato mais a cara do verão do que o camarão?! Fritinho na praia, grelhado, no ensopado, na moqueca, no bobó… Opções não faltam para se deliciar com essa iguaria no verão.

Junto com essa vasta variedade de preparações parece ser mais difícil harmonizar com um bom rótulo de vinho. O ideal é saber o que predomina no seu prato. Por isso, preparamos algumas dicas para você combinar perfeitamente a taça com sua receita.

Vinho e Camarão

Para pratos em que o camarão é o ingrediente principal, fritinho, grelhado, ou ao bafo, sem molho, você pode apostar em espumantes ou um vinho branco com muita acidez, como um Sauvignon Blanc, como o Santa Ema Gran Reserva, ou até mesmo um Torrontés, uma bebida leve e refrescante, fácil de beber e harmonizar com frutos do mar.

Camarão Empanado

Se o prato acompanhar um molho de queijos, o ideal é um vinho branco mais encorpado, como um Chardonnay, uma boa pedida é o Apaltagua Reserva. Mas fique atento a ingredientes como tomates, cebolas, pimentões, azeitonas, entre outros, esses ingredientes chamam muita atenção no palato e competem em sabor. Para isso, você pode harmonizar com um vinho tinto leve, como por exemplo um Pinot Noir.

Camarão ao molho

Os preparativos para as festas de fim de ano estão chegando e, para aqueles que gostam de uma boa taça de vinho para festejar, as opções são inúmeras. Mas como harmonizar essa grande variedade de vinhos com os pratos servidos na ceia de natal e de réveillon?

Independente da escolha do cardápio para as ceias, o indicado é apostar na bebida que valorize ainda mais os sabores da refeição. Por isso, veja algumas dicas que separamos para você!

Mesa de Natal

Lombo, Pernil e Tender

Receitas que levam carnes suínas como prato principal são as tradicionais ceias de fim de ano dos brasileiros. Por conta do sabor delicado e marcante, esse prato pede um vinho tinto de corpo médio, como é o caso do vinho Faustino Rioja Crianza, um típico tinto espanhol Tempranillo. Ou também, podem ser escolhidos vinhos elaborados com uvas Caeménère, como o vinho Santa Ema Select Terroir, com aroma intenso de frutas negras e com um toque de pimenta-do-reino.

Peito de Peru e Chester

Típico prato da ceia de natal… Uma mesa farta, família reunida, luzes piscando e um bom vinho! As aves por serem opções mais leves de carnes, ficam ainda mais deliciosas se acompanhadas de um bom vinho branco encorpado. Os tipos brancos com as uvas Sauvignon Blanc e Chardonnay são ótimas indicações. Uma opção sem erro para essa ceia é o vinho Asio Otus Branco, leva as duas uvas, com boa acidez de frutas frescas e aroma suculento, vale a pena conhecer!

Peru Assado

 

Cordeiro

Cordeiro ao molho de ervas é de dar água na boca, não é mesmo?! E para acentuar ainda mais o sabor deste prato, aposte em vinhos tintos de corpo médio e com aromas de frutas. Dica certeira é do vinho Apaltagua Coleccion Pinot Noir, aroma de frutas silvestres e notas de café, vinho com acidez média alta. É excelente para acompanhar pratos encorpados. Para quem prefere um Cabernet Sauvignon, outra boa opção é o vinho Santa Ema Amplus Cabernet Sauvignon, muito encorpado com final frutal persistente. Os vinhos chilenos da bodega Santa Ema são muito conhecidos por sua excelente qualidade e bom custo-benefício.

Bacalhau

Com um sabor bem acentuado, essa iguaria se adéqua com vinhos elaborados a partir de uvas brancas e até de espumantes, uma combinação perfeita são espumantes brut. Caso queira acompanhar com um vinho branco, indicamos o Herdade da Comporta, aroma expressivo com notas de limão e frutas tropicais, valoriza muito o prato.

Lentilha

Um dos pratos mais tradicionais na ceia de ano novo é a famosa lentilha e seus condimentos. De fato uma refeição muito saborosa, mas também, gordurosa. Por isso, nossa indicação de acompanhamento ideal é o famoso Lambrusco, tinto leve e frisante que combate muito bem a gordura do prato em si. Giacondi Lambrusco Rosso, frisante, refrescante, leve doçura e frutado, conheça essa opção. Mas caso torça o nariz para um vinho frisante, podemos ir bem acompanhados também de um cerveja bem gelada! rsrsrs

Nozes e Castanhas

É muito comum degustar de alguns petiscos nas ceias, como nozes e castanhas, antes do prato principal. Para acompanhar esse momento, a indicação vai de vinhos rosés ou espumantes. Para esses petiscos, nada melhor que um vinho Condesa de Leganza, elegante e fácil de beber.

Ceia de Natal

Panetone, Chocotone e Sobremesas

Quem resiste à essa maravilha em final de ano?! rsrs Ao contrário do que alguns imaginam, o panetone fica ainda mais saboroso se acompanhado de um vinho ou espumante. Panettone, de origem italiana, só poderíamos indicar mais um italiano para acompanhá-lo e formar essa bela dupla… espumantes italianos tradicionais, adocicados e bem equilibrados, experimente!  

Cupcake Papai Noel

 

E aí, todos prontos para as comemorações?! Esperamos ter ajudado você a escolher as melhores opções de bebidas para essas datas tão especiais!