Chocolate e vinho: será que rola mesmo uma harmonização? Claro que sim! Com apenas alguns segredinhos você desfruta dessas delícias sem muito trabalho, sabia? Veja só!

Uma excelente harmonização de chocolate com vinho dependerá do tipo de chocolate – assim como do tipo de vinho. O teor do cacau e outros ingredientes como açúcares e gorduras influenciam também na combinação com a bebida.

A dica geral, no entanto, é bem simples: o vinho deve ser tão doce – ou mais doce! – do que o chocolate. É importante lembrar que o contrário não vale, viu? Sendo assim, evite vinhos ácidos porque o chocolate pode aumentar a acidez do vinho.

Mas é melhor irmos aos tipos específicos, certo? Anote aí as melhores combinações:

Chocolate branco

Chocolate e vinho

A baunilha contida na receita ajuda na harmonia com o vinho, principalmente o vinho branco e os vinhos mais doces. Entre as opções de rótulos: Moscato, o licoroso Pedro Ximenez e o espumante Chardonnay demi-sec. Prefira sempre os vinhos de fermentação malolática. Temos duas alternativas para você: o espumante Millesimato e os Alísios Brut.

Chocolate ao leite

Como é mais cremoso e menos doce, o chocolate ao leite harmoniza melhor com vinhos tintos, como Pinot Noir, Merlot, Tawny ou Carmenère. Um delicioso vinho do porto também é uma alternativa maravilhosa.

Caso deseje incrementar a sobremesa, por exemplo, fazendo uma porção de morangos com calda de chocolate ao leite, o vinho perfeito para essa harmonização é um Cockburn’s Fine Ruby, por exemplo. Prefere um espumante? O rosé Ice Cattin fará dessa última parte da refeição algo inesquecível.

Chocolate meio amargo

Chocolate e Vinho

Eesse tipo de chocolate vai bem com vinhos mais encorpados, como Cabernet Sauvignon, Malbec e Zinfandel. Chocolates até 60% de cacau combinam também com vinhos Pinot Noir e Merlot. O tipo meio amargo é o ideal para começar na arte da harmonizar vinho com chocolate, porque tem menos açúcar e gordura envolvidos. Chocolates a partir de 75% ficam excelentes com vinhos tintos secos.

Para quem prefere sabores mais intensos, aposte em vinhos com notas de nozes, noz moscada, chocolate e textura caramelizada. Por exemplo, o Cockburn’s Fine Tawny Port. Já para um sabor mais equilibrado, vinhos com notas de uva passa são ideais, como os da linha Biscardo.

Se você é desses que adora experimentar sem limites, fique totalmente à vontade. Porque na arte de harmonizar vinho e chocolate o que deve prevalecer é o seu gosto. Encontrou um sabor agradável que foge à regra? O mais importante de tudo é você adorar a experiência.