Um dos críticos de vinho mais renomados do mundo, James Suckling é nosso tema de hoje. Conheça mais de sua trajetória e importância nesse perfil especial!

Quem é James Suckling?

O jornalista americano James Suckling é um dos críticos de vinho mais importantes do mundo. Apenas para a revista Wine Spectator foram mais de 30 anos escrevendo sobre a bebida, provando, em média por ano, cerca de quatro mil rótulos! James Suckling gerenciou o escritório europeu da revista, por isso também se tornou exímio conhecedor de vinhos italianos, além dos vinhos de Bordeaux. O crítico já morou em Paris e Londres, e hoje reside em Toscana.

Depois de tanto anos trabalhando para publicações especializadas – e com um nome forte no mercado de vinhos – em 2010 Suckling criou o seu próprio site, quando passou a expressar toda a sua visão sobre o vinho, inclusive de forma mais poética. Para ele, o vinho pode ser comparado com a música, no sentido de não necessitar de conhecimento para ser apreciado. O bom vinho conecta-se às emoções e deve, sim, ser analisado emocionalmente. Como a música, literatura e o amor fazem, o vinho deve comover.

No decorrer de sua trajetória, o crítico estima que deve ter experimentado cerca de 225 mil vinhos. Só em seu site é possível encontrar mais de 120 mil classificações de rótulos. Aliás, a classificação de James Suckling funciona da seguinte forma: é um sistema de 100 pontos, sendo 90 a pontuação mínima. Se um vinho fica entre 90-95 pontos, o vinho é considerado excelente. Já entre 95-100 é um rótulo que deve ser adquirido.

Vinhos com 100 pontos por James Suckling

Agora você conhecerá três vinhos chilenos que possuem 100 pontos na avaliação de um dos mais importantes especialistas em vinhos do mundo!

O Chadwick 2014 foi o primeiro vinho chileno a receber a pontuação máxima de James Suckling. É um Cabernet Sauvignon cujo aroma remete a frutas roxas maduras, além de groselha com toque de tabaco, entre outras especiarias como café. Possui também taninos finos, uma estrutura rica, boa acidez e um longo e saboroso final.

Outro vinho chileno, o Seña 2015, é um tinto equilibrado e fresco, de grande corpo e com taninos finos. Usa Carménère e Malbec, tem excelente acidez em suas notas de cereja e eucalipto, e depois de um tempo na taça atinge aromas florais, minerais e toques de caramelo.

Por sua vez, o vinho Almaviva 2015 foi eleito por Suckling o vinho do ano de 2017. Para o especialista, o rótulo reúne intensidade, estrutura e equilíbrio. Em sua composição vai: 69% de Cabernet Sauvignon, 24% de Carménère, 5% de Cabernet Franc e 2% de Petit Verdot. Esse rótulo fica por 18 meses em barricas francesas. De um lindo violáceo escuro, a bebida possui notas florais de violetas, alcaçuz e madeira. Sentiu vontade de experimentar só de ler?

Nossas recomendações

Em nossa loja online de vinhos você encontra alguns dos rótulos premiados por James Suckling. O primeiro deles é o Vinho Santa Ema Gran Reserva Cabernet Sauvignon, um rótulo que alia tradição e modernidade. Com coloração rubi intenso, possui aromas elegantes e sofisticados de frutas negras, como cerejas e ameixas, misturadas ainda com toques de tabaco, café torrado e baunilha. Com taninos maduros e sedosos, no paladar tem sabor arredondado, estruturado e prolongado.

Outra opção é o Vinho Santa Ema Barrel Reserve 60/40, um blend sensacional composto por 60% de Cabernet Sauvignon e 40% Merlot – sem falar no excelente custo-benefício! É um dos blends mais usados na região de Bordeaux, também um vinho de coloração rubi intensa com reflexos violáceos. Já os aromas evidenciam as frutas vermelhas como ameixas e cerejas, além da pimenta preta e das notas de baunilha. O sabor é concentrado e elegante, com taninos redondos e bom frescor. O final aveludado possui boa persistência.

E para encerrar com uma experiência única, temos o Vinho Santa Ema Gran Reserva Syrah, um tinto marcante e estruturado. Possui coloração rubi com reflexos violeta e no aroma destacam-se notas florais, amora, cereja, pimenta e alcaçuz. Os taninos são firmes, na boca apresenta boa estrutura com nota picante e o final longo deixa um sabor de fruta.

Viva um momento de James Suckling experimentando os melhores vinhos do mundo. Adquira agora mesmo o rótulo que mais o inspirou!