Premiações do mundo do vinho parecem sempre tão glamorosas, cheias de status e, claro, muita bebida saborosa. Mas para além de toda a pompa, tais prêmios visam a excelência do vinho e daqueles que trabalham por ele: enólogos, sommeliers e outros tantos mais. Conheça agora mesmo um pouco da esfera competitiva de quem vive de nossa bebida preferida.

A importância e o peso das premiações

Estima-se que há mais de 1 milhão de rótulos de vinhos no mundo. Considerando o restrito mercado, cada um desses rótulos precisa conquistar o consumidor que nem sempre está disposto a experimentar cada novidade. Sendo assim, o que faz um vinho se destacar mais do que outros? Algumas apostas: o marketing, as dicas dos especialistas em seus veículos de comunicação (especializados ou não) e, claro, as premiações.

As mais importantes premiações do mundo dos vinhos já ocorrem há muitas décadas e elas são tão consagradas que chegam a atrair mais de 15 mil rótulos em uma única edição. Além da tradição do próprio evento, são premiações que contam com o apoio das mais respeitadas instituições do setor, como a Organisation Internationale de la Vigne et du Vin (OIV) ou a Union Internationale des Oenologistes (UIOe).

Para a avaliação desses vinhos conta-se com profissionais como enólogos, sommeliers, críticos e mídia especializada. Em nosso país, acontece nos anos pares o Concurso Internacional de Vinhos do Brasil, promovido pela Associação Brasileira de Enologia (ABE). Nessas premiações, as degustações são realizadas, obrigatoriamente, às cegas. São centenas de amostras provadas por inúmeros grupos de degustadores. Um mesmo vinho pode participar de vários prêmios e ele vai acumulando os pontos que, ao final, são somados e o resultado determina a posição na classificação geral. O ranking dos melhores vinhos você pode conferir no site www.wawwj.com

Participar desses eventos é importante para o produtor que deseja que seus rótulos alcancem repercussão em toda a cadeia: especialistas, representantes, distribuidores, lojistas, mídia, enófilos e o consumidor final, que não precisa ser um grande entendedor de vinhos.

Listamos abaixo as premiações mais importantes do mundo – de vinhos, de enólogos e sommeliers – para você ficar por dentro e saber reconhecer um vinho premiado.

Master of Wine

Voltado para enólogos, o Master of Wine é o título mais cobiçado da categoria. Não se trata de uma competição propriamente dita, mas de uma certificação. As provas são muitíssimo criteriosas e exigentes, por isso só alcançam o título os verdadeiramente qualificados.

Além do conhecimento técnico, o profissional precisa ser um exímio comunicador. O Master of Wine é realizado anualmente na Inglaterra pelo Institute Master of Wine, fundado em 1955. No mundo, há apenas 380 Masters of Wine, entre eles o brasileiro Dirceu Vianna Júnior.

Decanter World Wine

Com um júri composto por mais de 200 especialistas em vinho do mundo todo, o Decanter World Wine Awards premia os melhores vinhos do ano. A premiação inglesa é promovida pela renomada Revista Decanter.

O evento é tão prestigiado que costumam se inscrever mais de 15 mil rótulos e ganham cerca de 50 – apenas. Além do prêmio máximo, nessa premiação há medalhas de platina, de ouro, prata e bronze.

Site: https://www.decanter.com/decanter-awards/

Challenge International du Vin

Em torno de 5 mil rótulos do mundo inteiro são avaliados no Challenge International du Vin, premiação francesa que acontece em toda primavera na região de Bordeaux. Um evento para lá de encantador, as avaliações acontecem em 2 manhãs. Ao final, são eleitos os melhores vinhos do mundo.

Site: https://www.challengeduvin.com/

Master Sommelier

Um sommelier sempre sonha com o título Master Sommelier, considerado o maior grau de instrução que o especialista pode adquirir. Criada em 1977 pela Court of Master Sommeliers, o prêmio inglês visa a excelência do profissional, em termos conceituais – e não necessariamente o melhor profissional enquanto uma pessoa.

As avaliações acontecem por meio de diversas provas dissertativas, práticas, além de testes de conhecimento. Prova da estrita qualificação é que há apenas 230 MOS pelo mundo. Até hoje nenhum brasileiro ganhou a honraria.

Site: https://www.courtofmastersommeliers.org/

International Wine and Spirit Competition

A premiação inglesa acontece há mais de 50 anos e passa por todo o processo de fabricação do vinho, desde o cultivo das uvas até o resultado final. Logo, são muitas categorias contempladas, como, por exemplo, design do rótulo, marketing da marca, êxito nas vendas, entre outras.

Como acontece com o Master Sommelier, o que a International Wine and Spirit Competition busca é a total excelência dos vinhos – e não necessariamente os melhores rótulos.

Site: https://www.iwsc.net/

Mundus Vini

A Alemanha, país reconhecido por suas cervejas típicas e pelos excelentes vinhos, sedia o Mundus Vino, uma competição internacional renomada, realizada há mais de 15 anos. Nela são eleitos os melhores vinhos do mundo.E a premiação é tão visada que costumam ser inscritos mais de 10 mil rótulos numa única edição.

Site: https://www.meininger-online.de/en/mundus-vini

Agora que você já sabe a importância desses eventos, pode tirar a prova você mesmo dos melhores vinhos eleitos!