O vinho que chega até a sua casa passa por todo um processo de produção complexo e que faz-se necessário todas as etapas serem concluídas com o máximo de qualidade.

Hoje vamos explanar as oito etapas do processo de produção do vinho.

1) Colheita

Uma das decisões mais importantes é o momento certo de colher as uvas. De acordo com as variedades da uva, a colheita é realizada em diferentes épocas por conta do estágio de maturação. Para que não tenha oxidação dos frutos, a colheita é realizada em horários que a temperatura está mais amena. Assim que as uvas chegam na vinícola, é necessário que a vinificação seja feito o mais rápido para conservar o frescor da fruta e evitar uma fermentação indesejada.

2) Desengace e esmagamento

É o processo que inicia a vinificação, depois da colheita, as uvas são colocadas na desengaçadeira-esmagadeira. Está é uma máquina que remove os engaços dos grãos e de maneira sutil, rompe as cascas das uvas, fazendo assim o suco escorre livremente, sem precisar esmagar as cascas e os grãos.

3) Prensagem

O mosto é prensado para separar as cascas e sementes do suco. Essa prensagem inicial só é feita para fazer o vinho branco, para os vinhos rosés e tintos pulam esta etapa, porque precisam das cascas para ganhar a cor. O suco extraído nas primeiras prensagens é mais nobre, já o suco das últimas é utilizado para produção de aguardentes como a Grappa.

4) Fermentação

É nesse processo que tudo acontece, as leveduras se alimentam do açúcar natural que tem no suco das uvas e transforma em álcool e dióxido de carbono. O enólogo precisa escolher se vai fermentar em tanques de aço ou barris de carvalho. Nos de aço, preserva o frescor das uvas e oferece ao vinho maior sabor da fruta, já nos de madeira prepara o vinho para o final do processo e o torna mais macio ao paladar, geralmente são vinhos mais claros, menos frutados e ganham sabores e aromas amadeirados. A temperatura da fermentação é muito importante, as temperaturas mais baixas são melhores para os vinhos brancos e rosés, por outro lado, para obter o melhor dos vinhos tintos é preciso ter as temperaturas mais altas. Outro fator que faz toda a diferença é o tempo que o vinho fica em contato com as cascas, quanto mais tempo o suco fica em contato mais cor e sabor o vinho terá.

5) Trasfega

É o processo de transferir o vinho de um tanque para outro. Isso ocorre quando a fermentação alcoólica, os resíduos sólidos, a matéria orgânica, as bactérias e leveduras ficam no fundo do tanque. Para que não passem sabores e aromas indesejados, ele é transferido para um recipiente limpo.

6) Clarificação e estabilização

Após concluída a fermentação e trasfega, o vinho é submetido a processos para ser retirado componentes que deixam ele turvo. Em seguida, são feitas as estabilizações de calor, que evita situações como quando  o vinho for colocado a altas temperaturas, para que não fique turvo, estabilização ao frio, evitando a criação de cristais quando colocados em baixas temperaturas e a estabilização microbiológica, que não vai deixar que ocorra novas fermentações depois da bebida engarrafada.

7) Amadurecimento

Esse processo pode ser feito em tanques de aço ou barris de carvalho. Tanques de aço limitam a exposição do vinho ao oxigênio e com isso mantém eles mais frescos, já nos barris de carvalho possibilita maior oxigenação e diminui taninos e acidez, além de novos aromas e sabores. Para os brancos, utilizam os tanques de aço, para seu frescor, aroma e caráter frutado sejam preservados.

8) Engarrafamento

Após passar por todas as etapas, os vinhos são engarrafados e deixados em repouso na vinícola até poderem ser comercializados. Este repouso beneficia todos os vinhos, para que estabilizam, os vinhos podem ficar na vinícola por dias, semanas ou meses e alguns podem ficar nas garrafas por anos.

Agora que você já conhece todo o processo de produção, toda vez que for tomar um vinho irá lembrar de todas essas etapas até essa bebida maravilhosa chegar ao seu palato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *